Tempo: 4/5

Dificuldade: 5/5

Custo: 3/5

Quantidade: 20 a 25 unidades

Crê-se que as Malassadas têm a sua origem nos Açores, concretamente na Ilha de São Miguel. As Malassadas açorianas sãos semelhantes a filhós mas com uma massa branda, o que dificulta no momento de as estender. Eu prefiro untar as mãos com óleo mas há quem as polvilhe com farinha, escolha a opção com que se sentir mais confortável. Na Madeira também existem uns fritos com o mesmo nome mas a receita é ligeiramente diferente.

INGREDIENTES
600 gr de farinha sem fermento;
11 gr de levedura seca granulada;
2 colheres de sopa de açúcar + 1 colher de chá de açúcar;
4 ovos pequenos à temperatura ambiente;
100 ml de sumo de laranja;
raspa de 1 laranja média;
200 ml de leite tépido;
50 gr de manteiga à temperatura ambiente;
1 pitada de sal;
óleo para fritar e para untar as mãos;
açúcar para polvilhar;
papel absorvente.

PREPARAÇÃO
Numa taça coloque 1 colher de chá de açúcar, a levedura e o leite morno. Misture e deixe 30 minutos a repousar. Numa taça larga coloque a farinha, 2 colheres de sopa de açúcar, 1 pitada de sal, a raspa e o sumo de laranja. Com as pontas dos dedos misture até obter um granulado. Junte os ovos, o preparado de levedura e a manteiga. Amasse bem. Quando a massa estiver elástica mas branda tape a taça com um pano e deixe levedar até duplicar de volume. Aqueça o óleo, unte as mãos e retire pedaços pequenos de massa. Molde um disco, deixando a massa mais fina no centro. Coloque no óleo bem quente e deixe alourar de ambos os lados. À medida que ficarem fritas distribua-as sobre papel absorvente. No final polvilhe-as com açúcar e sirva-as de preferência mornas.